Voltar para o ínicio

O que se trata ISO 27001 e como implementar na empresa

  • Auditoria
  • 3, agosto 2022
  • 3 min de leitura
Navegue por tópicos

A segurança da informação é um tema que se tornou destaque, justamente por conta de inúmeros vazamentos de dados que ocorreram nos últimos anos. Por isso, é essencial que sua empresa esteja preparada para evitar esses ataques hackers. E é por meio da ISO 27001 que isso pode ser feito. Esse certificado internacional define normas para gerenciar e proteger adequadamente toda e qualquer informação sensível, tanto da empresa quanto do cliente. Continue a leitura para entender mais sobre o assunto.

O que é ISO 27001

A ISO 27001 é uma certificação internacional que abrange normas criadas para padronizar processos relacionados à segurança da informação de uma empresa, garantindo a privacidade e integridade dos dados, bem como a proteção de sistemas e informações sensíveis.

Além disso, também é possível fazer um melhor gerenciamento, análise e melhorias dos processos relacionados à segurança da informação, o que pode facilitar na hora de cumprir com a legislação, como a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

O certificado foi publicado pela International Organization for Standardization (ISO), que é a entidade responsável pela criação de diversas normas para padronização de serviços, produtos e processos realizados pelas organizações.

Vantagens da ISO 27001

Uma das principais vantagens em se obter a certificação ISO 27001 é a maior confiabilidade que sua empresa terá, já que estará seguindo padrões internacionais, e isso, por si só, já é algo que pode trazer melhores resultados internos e aumento de clientes.

Graças a essa melhor gestão da segurança da informação, clientes e parceiros se sentirão mais seguros na hora de trabalhar com você, sabendo que dados confidenciais estarão sendo melhor geridos e protegidos.

Acompanhar de perto esse processo também ajuda na melhoria contínua dos procedimentos realizados internamente, elevando ainda mais o desempenho operacional e a eficácia da organização.

Como obter a certificação da ISO 27001

Independentemente do tamanho, segmento ou se a sua empresa é pública ou privada, qualquer corporação pode obter o certificado ISO 27001 e, apesar de não ser obrigatória, é uma excelente ferramenta para mostrar que a sua instituição se importa com esse tema tão atual.

Para receber a certificação, será necessário realizar diversos procedimentos não só internamente, mas também no âmbito externo, principalmente em relação aos parceiros e fornecedores, já que as normas abrangem definitivamente tudo.

O pontapé inicial será a preparação, criando um grupo de Sistema de Gestão de Segurança da Informação (SGSI), que irá analisar e tomar decisões durante todo o processo e também estimular todas as áreas da empresa.

Em seguida faz-se um diagnóstico do cenário atual da empresa, identificando quais os riscos e o que será necessário fazer para corrigir. Agora é hora de implementar os procedimentos que serão realizados para a proteção contra os possíveis riscos e ameaças.

O SGSI deverá ser constantemente monitorado, com revisões periódicas e auditorias internas, para checar se os resultados estão sendo obtidos. Só após o cumprimento de todas as etapas e procedimentos, poderá ser solicitada a certificação ISO 27001.

Requisitos para emissão

Para a emissão do ISO 27001 é preciso analisar o contexto da organização, avaliar os riscos, implementar os controles operacionais e como os riscos serão tratados, além de monitorar o desempenho e aplicar melhorias contínuas.

Vale lembrar que o tempo para obtenção do certificado pode variar e que, por ter diversas informações e controles sugeridos pela ISO (são 114 no total), vale a pena investir em uma empresa especializada, que saberá te guiar durante todo o processo.

Por mais que seja algo relativamente trabalhoso para ser feito, é de total importância a sua realização nas empresas, visto que, como já falamos, o tema “segurança da informação” é cada vez mais relevante e a certificação já é algo levado em conta na hora de fechar um negócio.

Você se interessou pelo assunto? Não deixe de ler nosso artigo sobre SGSI.

Artigos semelhantes

Lorem ipsum dolor sit amet