Voltar para o ínicio
planejamento financeiro empresarial - empresas - auditoria - auditoria interna

Como criar um planejamento financeiro empresarial eficiente?

  • Business
  • 1, dezembro 2021
  • 4 min de leitura
Navegue por tópicos

Sua empresa trabalha sempre com folga no fluxo de caixa? Você fica na dúvida se vai conseguir pagar uma dívida no prazo? Não tem a menor ideia de como responder a essas perguntas? Bom, de qualquer maneira, um bom planejamento financeiro empresarial pode trazer diversas soluções para a gestão dos recursos econômicos.

Assim, com esse procedimento, a empresa tem mais visibilidade sobre todas as suas movimentações bancárias. Com essa verdadeira arma em mãos, é possível elevar todo o desempenho de modo expressivo, seja operacional, seja de vendas, entre outros. Quer saber mais? Então entenda agora mesmo a importância do planejamento financeiro empresarial!

O que é o planejamento financeiro empresarial?

O planejamento financeiro empresarial é um combo de medidas, instrumentos e metodologias de controle para melhor gerenciar as finanças. Aliás, o objetivo é organizar os recursos financeiros de um modo que se possa colher performance mais robusta em todos os setores.

Assim, estamos falando de um trabalho que abrange provisionamento de receitas, estimativas de custos e suposição de múltiplos cenários para monitorar riscos e perceber oportunidades. Ou seja, do mesmo modo que fazemos a gestão dos indicadores de vendas e de produtividade, precisamos fazer a lição de casa no quesito econômico.

Quais são as vantagens desse mecanismo?

O planejamento financeiro possibilita uma distribuição mais estratégica do capital. Dessa forma, é viável, por exemplo, estimar possíveis baixas nas vendas. Assim, os líderes conseguem condições para criar maneiras de reverter ou evitar uma situação negativa.

Na realidade, essa estratégia é um dos principais pilares para se ter poder competitivo, independentemente do tipo de negócio. Ou seja, os benefícios são incontáveis. No entanto, separamos a seguir 3 boas razões para investir no planejamento e controle financeiro empresarial. Confira!

Previsibilidade

Uma das etapas do planejamento financeiro empresarial é estimar possíveis cenários futuros para o negócio. No entanto, estamos falando de estatísticas, e não de premonições. Em outras palavras, com base no comportamento do passado, é possível supor o que vai acontecer no futuro.

Nem sempre isso dará certo, é verdade. Entretanto, não se pode negar que os riscos caem sensivelmente com esse tipo de análise. Além disso, na outra ponta, as oportunidades se tornam mais perceptíveis.

Eficiência na gestão

Não precisamos te dizer o quanto a gestão financeira empresarial é determinante no desempenho global estratégico, certo? Contudo, quando ela é executada em alto nível, ela também oferece fôlego para o enfrentamento da concorrência.

Assim, se for preciso um novo investimento repentino por causa do ingresso de novos players ao nicho, a companhia estará economicamente resguardada.

Redução de custos

Por outro lado, o planejamento financeiro empresarial de qualidade pode ajudar a reduzir os custos a ponto de chegar a uma melhor precificação. Como todo o comportamento do dinheiro é rastreado e mensurado, a companhia acaba identificando desperdícios ou custos não muito vantajosos.

Qual o papel do contador no planejamento financeiro empresarial?

Equipes de contadores elaboram o planejamento financeiro mais rápido e com menos inconsistências. Assim, os líderes se livram dessa tarefa e ganham mais folga para se dedicar ao core business. Além disso, esses profissionais trazem mais autonomia para o processo, sendo úteis para evitar fraudes nas demonstrações financeiras, por exemplo.

Como elaborar esse documento?

Planejar a parte financeira do negócio exige bastante jogo de cintura. Afinal, às vezes precisamos de ousadia. Porém, também não são raras as situações em que seguir o tradicional é a melhor escolha.

A criação de um planejamento financeiro envolve conhecimento técnico e também certa intuição para enxergar riscos e oportunidades em tempo hábil. Confira a seguir algumas dicas para formular sua gestão de finanças:

  • Mapeie o atual cenário: verifique como estão os sistemas de coleta e tratamento de dados financeiros, revise todos os processos e resultados. Afinal, o primeiro passo é conhecer a fundo os pontos de melhorias, erros e acertos;
  • Estabeleça os propósitos: defina tetos para cada tipo de gasto, crie campanhas para redução de custos, tenha ideia de quanto será o faturamento, deixe claro quais novos investimentos serão feitos no período etc.;
  • Monte seu plano de ação: para todas as metas escolhidas no passo anterior, será preciso detalhar o caminho a ser trilhado até alcançá-las. Isso inclui datas, orçamento disponível, dead lines, responsáveis por cada tarefa e assim por diante;
  • Desenvolva o orçamento anual: tudo que foi definido será documentado em um verdadeiro guia do período. Geralmente, é elaborado pelo menos um planejamento financeiro empresarial por ano. Em outras palavras, trata-se do plano estratégico transformado em índices, metas e demais cálculos;
  • Preveja as modificações de mercado: use a tecnologia e a análise de dados para simular o comportamento de demanda no seu setor. Assim, com base nos arquivos, é possível antever muita coisa do futuro que se repete de modo cíclico. Também use essas ferramentas para enxergar tendências, ameaças e demais fenômenos fora da curva.

Por que optar pelo planejamento financeiro empresarial da PGBR?

Com a ferramenta PGBR-PLAN, o gestor consegue desenhar orçamentos de curto a longo prazo com elevada precisão. Assim, entregamos elementos sólidos para uma tomada de decisão mais lucrativa e ágil. Observe alguns dos benefícios da nossa solução:

Simulação de cenários

O sistema realiza simulação de diferentes circunstâncias, conforme as metas da organização e seus propósitos de caixa. Além disso, temos modelos que atendem a todas as necessidades da direção corporativa com velocidade e segurança.

Flexibilidade

Nossos sistemas e estratégias são plenamente flexíveis. Dessa forma, eles se adaptam às suas tecnologias, estruturas, segmento, porte, cultura etc. Ou seja, todo o planejamento será moldado às características de cada empresa contratante.

Emissão de relatórios

O PGBR-Plan faz toda a lição de casa do planejamento financeiro empresarial. Isso inclui o controle do fluxo de caixa, a atualização do balanço patrimonial e os demonstrativos de resultados. Mais um destaque são os laudos estatísticos da performance operacional por linha de mercadorias e de serviços.

Aderência

O PGBR-Plan conta com interface que se articula com os sistemas das empresas. Assim, ele pode se interconectar, transportando dados estratégicos, como a folha de pagamento, direto para seu cronograma financeiro.

Portanto, o planejamento financeiro empresarial é algo que não pode ser feito com amadorismo. Nesse sentido, a PGBR atua há mais de 60 anos entregando conhecimento técnico e tecnológico sobre finanças, impostos e contabilidade.

Que tal conhecer nossos serviços de consultoria? É simples: entre em contato com a PGBR!

 

Artigos semelhantes

Lorem ipsum dolor sit amet